Skip to content

All posts by admin

DEIXAI VIR A MIM OS PEQUENINOS

Então lhe apresentaram uns meninos
Para que os tocasse;
Mas os discípulos ameaçavam
Os que lhos apresentavam.

Do que, vendo Jesus, não gostou,
E disse-lhes por sua vez:
Deixai vir a mim os pequeninos,
E não os embaraceis,

Porque o Reino de Deus
É daqueles que se lhes assemelhem.
Em verdade vos digo que
Todos aqueles que não receberem

O Reino de Deus como uma criança
Nele não entrará E, abraçando-os,
Pondo as mãos sobre eles,
O meigo nazareno abençoava-os.

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

Capítulo 35 – Amar aos Inimigos

Capítulo 36 – Servir a Deus e não a Mamon

Capítulo 37 – Perseverança e Confiança em Deus

Capítulo 38 – Os Dois Fundamentos

Capítulo 39 – Deixa vir a mim os pequeninos

OS DOIS FUNDAMENTOS

– Aqueles que minhas palavras
Ouvem e lhe dão atenção
São como homens prudentes
Que sobre a rocha edificarão;

E descerão as chuvas,
E as torrentes virão,
E soprarão os ventos;
Porém, suas casas não cairão.

Mas aqueles que minhas palavras
Ouvem e não lhe dão atenção
São como homens néscios
Que sobre a areia construirão;

E descerão as chuvas,
E as torrentes virão,
E soprarão os vento,
E, decerto, suas casas arriarão,

E grande será a ruína…
Assim, disse o Mestre Jesus
Para aqueles que quisessem
Seguir a verdade e a luz

 

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

Capítulo 35 – Amar aos Inimigos

Capítulo 36 – Servir a Deus e não a Mamon

Capítulo 37 – Perseverança e Confiança em Deus

Capítulo 38 – Os Dois Fundamentos

PERSEVERANÇA E CONFIANÇA EM DEUS

Portanto, digo-vos:
Pedi, e dar-se-vos-á;
Buscai, e achareis;
Batei, e abrir-se-vos-á.

Pois aquele que pede
O que pede receberá;
O que busca achará;
Ao que bate, abrir-se-lhe-á.

Quem dentre vós é o homem
Que, se o filho lhe pedir pão,
Em vez deste alimento
Lhe dará uma pedra na ocasião?

Ou qual dentre vós é o pai que,
Se o filho pedir um peixe, somente,
Em vez de um peixe
Lhe dará uma serpente?

Ou, se pedir um ovo,
Em vez deste ovo, então,
Este pai dará ao filho
Exatamente um escorpião?

Ora, se vós, sendo maus,
Aos filhos sabeis ofertar
Todas as boas dádivas,
Quanto mais vosso Pai vos dará?

 

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

Capítulo 35 – Amar aos Inimigos

Capítulo 36 – Servir a Deus e não a Mamon

Capítulo 37 – Perseverança e Confiança em Deus

SERVIR A DEUS E NÃO A MAMON

E disse o Mestre Jesus
Aos seus seguidores:
− Ninguém pode servir,
Igualmente, a dois senhores;

Porque ou odiará a um
E ao outro amará,
Ou se submeterá a um
E ao outro desprezará.

Não podeis servir a Deus
E a Mamon , igualmente;
Eis por que vos digo
Neste instante, claramente:

Não vos inquieteis
Pelo que comereis,
Por aquilo que bebereis,
Nem com o que vestireis.

A vida não vale mais
Do que o alimento,
E o corpo, mais ainda
Do que o indumento?

Vede as aves do céu,
Caros companheiros:
Não semeiam, não colhem,
Não enchem celeiros;

Entretanto, vosso Pai
Lhes dá alimentação.
Não sois muito mais
Do que elas, então?

E qual de vós pode,
Com seu talento, porventura,
Acrescentar um côvado
A mais na sua estatura?

E com as vestimentas
Por que vos inquieteis?
Observai os lírios do campo,
Que crescem, e vereis:

Não trabalham, nem fiam.
Mas nem o rei Salomão
Se vestiu como um deles
Em toda a sua glorificação.

Se o feno dos campos
Deus cuida de vestir
Que hoje existe, porém
Amanhã vai se extinguir,

Sendo lançado no forno…
Quanto mais a vós não dará,
Homens de pouquíssima fé,
O que vierdes a precisar?

Não vos apoquenteis, dizendo:
O que comeremos?
Mas que beberemos?
Ou como vestiremos?

Como as gentes do mundo
Que, assim, se esmeram
Na conquista dessas coisas,
Pelas quais se desesperam.

Procurai primeiramente
O reino de Nosso Senhor
E, também, a Sua justiça
Com todo o vosso ardor,

E todas essas coisas
Serão, afinal, dadas
Por acréscimo de Deus
Às pessoas confiadas.

Assim, não vos perturbeis
Pelo dia que virá,
Pois o dia de amanhã
De si mesmo cuidará…

Basta para cada dia
A sua própria aflição…
Foi o que ensinou Jesus
Com esta nobre lição.

 

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

Capítulo 35 – Amar aos Inimigos

Capítulo 36 – Servir a Deus e não a Mamon

Projeto Casa Esperança

casaesperanca

O que é?

O projeto Casa Esperança foi lançado em setembro de 2014 e tem o objetivo de buscar recursos para a aquisição da sede do Centro Espírita Fonte de Esperança – CEFE.

O CEFE foi fundado em janeiro de 1983, em Sobradinho, pela família Rocha. Com o passar do tempo, amigos se uniram nessa seara, tendo como missão “aprender para crescer com Jesus e a Doutrina dos Espíritos”.

Sabendo que na ação é onde se concretizam os bons propósitos, o grupo oferece assistência fraterna aos que desejam atendimento pessoal; e atua na assistência fraterna e material à comunidade carente de Planaltina de Goiás (Brasilinha), no entorno do DF, há 28 anos. Com essas ações, o CEFE permite que pessoas de boa vontade tenham a oportunidade de pôr em prática a caridade e a fraternidade no voluntariado.

As portas do Fonte de Esperança estão sempre abertas, com a disposição do auxílio fraterno ao que busca o esclarecimento, ao que geme e sofre, ao carente.

Com intuito de promover eternamente este acolhimento, nos unimos em torno de um propósito maior: conseguir uma sede própria para o CEFE.

Estratégia de ação

  • Adoção de estrelinhas

“Nossa casa será construída com estrelas. Adote uma!”. Cada estrelinha no valor de R$1.000,00 poderá ser paga em até 12 vezes de R$84,03. Duas pessoas poderão dividir o valor da estrelinha e pagar mensalmente R$42,03. O objetivo é conseguir a adoção de 200 estrelinhas.

Você também pode adotar uma. Basta procurar algum de nossos dirigentes.

  • Contribuições livres

As doações também podem ser livres, independentemente da adoção de estrelas. Qualquer pessoa pode ajudar de acordo com suas possibilidades financeiras.

  • Eventos beneficentes

Realização almoços beneficentes, nos quais com um ingresso a pessoa tem direito à uma variedade de pratos quentes, sobremesas e sucos. Os ingressos têm sido vendidos por R$ 40,00.

O momento também serve de revigorante confraternização entre os doadores do projeto.

  • Bazar das estrelas

Durante os eventos, é realizado ainda o Bazar das Estrelas, que vende roupas, sapatos, acessórios e utensílios em excelente estado, doados por irmãos do CEFE. Você também pode fazer a sua doação.

 

Monitoramento

Tanto as doações livres quanto a adoção de estrelinhas são feitas diretamente na conta corrente do Centro Espírita Fonte de Esperança. (Banco do Brasil – Conta: 433.430-2 Agência: 1003-0).

É importante acrescentar sempre R$0,03 (três centavos) no valor depositado para que haja identificação da destinação do depósito.

Bimestralmente, a coordenação do Casa Esperança presta contas de todas as doações ao projeto, garantindo a transparência da ação.

AMAR AOS INIMIGOS

− Aprendestes o que foi dito:
“Ao teu próximo amarás;
Como também o contrário,
Ao teu inimigo odiarás”.

Todavia, neste momento,
Eu, claramente, vos digo,
Em verdade, tão-somente:
Amai o vosso inimigo,

Fazei o bem, portanto,
Àqueles que vos odeiam,
Orai pelos que vos perseguem
E, ao mesmo tempo, vos caluniam;

A fim de serdes filhos
De vosso Pai adorado
Que está sempre nos céus…
Falou o Mestre amado.

E, continuando, disse:
− Que faz o sol nascer
Sobre os bons e os maus,
Usando do Seu poder;

E que, também, faz chover
Sobre os homens justos,
E, de maneira equivalente,
Sobre os que são injustos,

Porque, se só amardes
Os que vos amam, realmente,
Que recompensa tereis,
Se outros o fazem, igualmente?

Não são, assim, os publicanos?
E, se saudardes, somente,
Os que são vossos irmãos,
O que fazeis de diferente?

Não agem, assim, os gentios?
Se quiserdes a perfeição,
Tereis que amar a todos
Como amais a vosso irmão.

Sede, então, melhores,
Compreendendo, afinal,
Que a perfeição absoluta
Pertence ao Pai Celestial.

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

Capítulo 35 – Amar aos Inimigos

 

AS BEM AVENTURANÇAS

Jesus, pois, vendo a multidão,
Subiu ao monte e se assentou;
Aproximaram-se os seus discípulos,
E, pondo-se a ensiná-los, falou:

Bem-aventurados os humildes de espírito,
Porque o Reino dos céus é deles.
E, assim, iniciou o Mestre amado
A discursar para todos eles.

Bem-aventurados os que choram,
Porque consolados eles serão;
Bem-aventurados os mansos,
Porque a terra eles herdarão;

Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça,
Porque fartos eles ficarão;
Bem-aventurados os misericordiosos,
Porque a misericórdia eles alcançarão;

Bem-aventurados os limpos de coração,
Porque a Deus eles verão;
Bem-aventurados os pacificadores,
Porque chamados filhos de Deus eles serão;

Bem-aventurados os que, por causa da justiça,
Têm sofrido perseguição,
Porque deles é o Reino dos céus;
Bem-aventurados sois vós, então,

Quando vos injuriarem, vos perseguirem
E, mentindo, disserem todo o mal
Contra vós outros por minha causa;
Alegrai-vos, portanto, e exultai, afinal,

Porque grande é o vosso galardão nos Céus;
Pois, assim, aos profetas perseguiram…
E, completando o ensinamento, disse:
Que muito antes de vós existiram…

 

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

Capítulo 34 – As Bem Aventurança

 

O SERMÃO DA MONTANHA

O Sermão da Montanha
É o Evangelho de Jesus resumido,
Ou antes, o espírito do Evangelho
Nele se encontra imiscuído.

É o mais autêntico compêndio
Da nova doutrina libertadora;
A essência do Cristianismo
Em sua missão salvadora.

O Sermão da Montanha
É até hoje considerado
O melhor texto de oratória
Que no mundo foi pronunciado.

Gandhi¹ disse: “Se todos os Livros Sagrados
Da humanidade fossem perdidos,
Mas não “O Sermão da Montanha”,
É como se nada houvesse desaparecido”².

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

Capítulo 33 – O Sermão da Montanha

A ADÚLTERA DE JERUSALÉM

A ADÚLTERA DE JERUSALÉM

Um episódio muito famoso
De que faremos menção
É o da adúltera perdoada por Jesus
Mencionada no evangelho de João:

Jesus estava no templo, em Jerusalém,
Cumprindo com o seu ministério
Quando os fariseus lhe apresentaram
Uma mulher surpreendida em adultério.

Depois de colocarem-na no centro,
Fizeram a Jesus um questionamento:
Mestre, esta mulher foi pega,
Exatamente no momento

Em que praticava o adultério.
A lei de Moisés, conseqüentemente,
Ordena que esta senhora seja
Apedrejada imediatamente.

O que nos tem a dizer?
João nos diz que os fariseus
Faziam isso para preparar
Uma armadilha para o Filho de Deus,

Mas como o Mestre Jesus
Não era de fugir a uma incitação,
Pôs-se de cócoras a rabiscar
Algo sobre a areia do chão,

Permanecendo em silêncio.
A situação era delicada
E o meigo Rabi da Galiléia sabia
Que tinham Lhe armado uma cilada.

Estaria contrariando a lei de Moisés
Se Jesus mandasse libertá-la.
Seria acusado de impiedoso
Se Ele mandasse apedrejá-la.

Farto da insistência dos fariseus
Jesus ergueu-se e deu seu recado:
Aquele entre vocês
Que estiver sem pecado

Que atire a primeira pedra!
E retornou a mesma posição,
Recomeçando a escrever
Sobre o pó daquele chão.

Os homens que ali estavam
Ficaram totalmente paralisados.
Depois, pouco a pouco, um a um,
Deixaram o local sisudos e calados.

Quando o templo estava vazio,
Jesus à mulher adúltera perguntou:
Onde estão os seus acusadores?
Ninguém te condenou?

Ninguém, Senhor disse ela.
E completou Jesus no instante:
Tampouco eu lhe condeno.
Vai, e de agora em diante

Não volte a pecar mais.
E naquele momento
Aquela senhora foi embora
Aliviada de seu tormento.

 

Autor: Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 1 – Ponto de Vista

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala

Capítulo 32 – A adultera de Jerusalem

 

MARIA DE MAGDALA

MARIA DE MAGDALA

Um membro dos fariseus
Convidou Jesus para jantar,
E, entrando na casa daquele,
Na mesa, Ele tomou lugar.

Havia uma pecadora
Que na cidade morava,
E pelo Divino Mestre
Esta mulher procurava.

Ela foi ao Seu encontro,
Buscando consolação,
Levando, consigo, um vaso
De perfume em sua mão.

Pondo-se-Lhe aos pés,
Chorando, ela começou
A regá-los com lágrimas,
Que com os cabelos enxugou,

E, beijando-os, enternecida,
Com perfume os untou,
Mostrando arrependimento
De quem muito já errou.

O dono daquela casa,
Que O havia convidado,
Dizia, assim, consigo,
Muito escandalizado:

− Se Ele fosse profeta,
Saberia num instante
Que a mulher que O toca
Tinha pecado, bastante.

Lendo seu pensamento,
Jesus falou ao anfitrião:
− Tenho algo a dizer-te
Neste momento, Simão…

Este, assim, respondeu:
− Mestre, dizei-me o que for…
E, tomando a palavra,
Jesus se pronunciou:

− Havia um certo credor
Que tinha dois devedores;
De cada um lhe direi
Quais os devidos valores:

Quinhentos denários
Ao primeiro deles entregou;
Para o segundo foi cinqüenta
O tanto que ele emprestou.

Não tendo nenhum deles
Como pagar a obrigação,
O credor benevolente
Perdoou os dois, então.

Dessa forma, qual dos dois
Amará mais o credor?
Respondeu-lhe o fariseu:
− Aquele a quem mais perdoou…

− Julgaste bem. Disse Jesus
Ao intrigado anfitrião,
E, sereno, arrematou:
− Vês esta mulher, Simão?

Entrei na tua casa
E para os meus pés lavar
Não me deste água;
Contudo, ela os fez limpar,

Regando-os com lágrimas
E com toda docilidade,
Secou-os com os cabelos,
Demonstrando humildade.

Não me deste ósculos;
Mas, desde que ela entrou,
Beijando os meus pés
O tempo todo ficou.

Não ungistes com óleo
A minha cabeça, amigo;
Mas ela perfumou os meus pés.
Por isso, agora, te digo:

Perdoados lhe serão
Os pecados que obrou,
Que na verdade são muitos,
Porque muito, também, amou…

No entanto, todo aquele
A quem pouco se perdoou
É porque, certamente,
Muito pouco este amou…

E Ele disse à mulher
Na frente do anfitrião:
− Todos os teus pecados
Perdoados já estão…

Os que estavam à mesa
Indagavam-se preocupados:
− Quem é esse homem
Que perdoa até pecados?

E, voltando-se à Magdala,
Jesus, assim, se expressou:
− Vai-te embora, em paz,
Pois a tua fé te salvou…


Capítulo 1 – Ponto de Vista
Autor:Arnaldo de Araújo rocha
Síntese Biográfica de Jesus em Versos

Capítulo 2 – Visão de Zacarias

Capítulo 3 – Maria, A Futura Mãe

Capítulo 4 – Maria Visita sua Prima Isabel

Capítulo 5 – João, O Anunciador do Messias

Capítulo 6 – O Difícil Reencontro

Capítulo 7 – O Sonho Revelador

Capítulo 8 – Esclarecimentos Necessários

Capítulo 9 – O Recenseamento

Capítulo 10 – De Nazaré a Belém de Judá

Capítulo 11 – Jerusalém, Atualmente

Capítulo 12 – O Nascimento de Jesus

Capítulo 13 – O Cântico de Simeão

Capítulo 14- Os Magos do Oriente

Capítulo 15 – Elucidações Importantes

Capítulo 16 – A Fuga para o Egito

Capítulo 17 – O Esperado Regresso

Capítulo 18 – A Infância de Jesus

Capítulo 19 – Jesus aos 12 Anos

Capítulo 2o – A vida Pública de Jesus

Capítulo 21 – A Tentação de Jesus

Capítulo 22 – Os doze Apóstoles

Capítulo 23 – Pedro o Pedra

Capítulo 24 – Ensinamentos de Jesus

Capítulo 25 – Parábola do Filho Pródigo

Capítulo 26 – Parábola do Semeador

Capítulo 27 – Explicação da Parábola do Semeador

Capítulo 28 – Parábola dos Talentos

Capítulo 29 – Parábola do Bom Samaritando

Capítulo 30 – Objetivos Crísticos

Capítulo 31 – Maria de Magdala